Minicursos

Foram planejados minicursos com temas variados da Engenharia Geotécnica. Aproveite para ampliar e complementar seu conhecimento. Foram convidados especialistas renomados que prepararam um minicurso especialmente para o COBRAMSEG 2018. Os temas englobam comportamento de solo (Mecânica dos Solos Não saturados e Ensaios de Campo), Fundações e Escavações; uso de Geossintéticos na Geotecnia (muros reforçados e aterros sobre solos moles), Geotecnia Ambiental, Aplicação de Simulação Numérica em Problemas Geotécnicos, Túneis em Maciços Rochosos. A seguir você pode verificar a programação e conhecer o currículo ministrante.

Eng. Nelson Aoki

Palestra: Aplicação de métodos probabilísticos em Fundações
Terça-feira, 28 de agosto de 2018
Duração: 8 horas

Curriculum Vitae
Eng. Nelson Aoki – Prof. Aposentado – EESC/USP – Engenheiro civil (1963) pela antiga Escola Nacional de Engenharia no Rio de Janeiro e doutor em engenharia (1997) pela USP/SC. Atuou no projeto e execução de diversas obras e foi diretor técnico das ESTACAS FRANKI/RJ e da SCAC/SP. Foi professor de Equações Diferenciais no Instituto de Matemática e de Fundações na atual Escola Politécnica da UFRJ, no IME/RJ e na USP/SC. É detentor dos prêmios Terzaghi e Manuel Rocha e presidiu a Comissão de Risco da ABMS – Associação Brasileira de Mecânica dos Solos e Engenharia Geotécnica. É coautor de seis livros e atua como consultor e pesquisador na área de fundações.
Resumo do Curso
Ementa do curso:

A engenharia de fundações não é uma ciência exata e está sujeita aos riscos inerentes a toda e qualquer atividade que envolva fenômenos ou materiais da natureza. A existência da fórmula simples que inter-relaciona o fator de segurança e a probabilidade de ruína possibilita a avaliação dos riscos previsíveis oriundos das variabilidades das cargas atuantes e das resistências das fundações. Os participantes devem levar seus notebooks para exercitar os exemplos práticos de avaliação dos fatores de segurança e do risco financeiro no caso de fundações por sapatas e por estacas.

Programação:

08h 30 – 10h 30: Segurança e confiabilidade de fundações

10h 30 – 11h 00: Intervalo coffee break

11h 00 – 12h 30: Risco de fundações por sapatas

12h 30 – 14h 00: Intervalo almoço

14h 00 – 15h 30: Risco de fundações por estacas

15h 30 – 16h 00: Intervalo cofee break

16h 00 – 17h 30: Debates

17h 30 – 18h 00: Conclusão

Ennio M. Palmeira

Palestra: Reforço de Aterros sobre solos Moles com Geossintéticos
Terça-feira, 28 de agosto de 2018
Duração: 8 horas

Curriculum Vitae
Ennio M. Palmeira nasceu na cidade do Rio de Janeiro (RJ), em 1953, e atualmente é Professor Titular da Universidade de Brasília. É engenheiro civil pela UFRJ (1977), Mestre em Ciências pela COPPE/UFRJ (1981) e PhD. pela University of Oxford (Reino Unido, 1987). Fez estágio de pós-doutorado na University of British Columbia (Canadá, 1995). É Pesquisador Nível 1A do CNPq, membro titular da Academia Brasileira de Ciências e Comendador da Ordem Nacional do Mérito Científico, conferido pela Presidência da República do Brasil. É Membro Honorário da International Geosynthetics Society (IGS) e foi premiado 3 vezes pela IGS (1996, 2004 e 2012). Recebeu também os prêmios José Machado e Terzaghi da Associação Brasileira de Mecânica dos Solos e Engenharia Geotécnica (ABMS). Foi editor da revista Soils and Rocks, é Editor Associado dos periódicos Canadian Geotechnical Journal e Geotextiles and Geomembranes e membro dos Corpos Editoriais dos periódicos Geotextiles and Geomembranes, Geosynthetics International, Environmental Geotechnics, International Journal of Geosynthetics and Ground Engineering e Soils and Rocks. É também revisor de artigos para diversos periódicos internacionais. Ministrou diversas palestras e cursos no país e no exterior, tendo sido keynote lecturer em eventos nacionais e internacionais sobre geossintéticos, Mercer Lecturer (IGS/ISSMGE) do biênio 2007-2008 e proferiu a Lição Manuel Rocha em 2015. Pesquisa e leciona sobre geossintéticos em aplicações geotécnicas e geoambientais há 39 anos e possui mais de 400 trabalhos publicados sobre o tema. Orientou 76 teses e dissertações de mestrado sobre geossintéticos, algumas delas premiadas nacional ou internacionalmente. Recebeu diversas premiações e honrarias no país e no exterior.
Resumo do Curso
Este curso abordará a utilização de geossintéticos como elementos de reforço em aterros sobre solos moles. Serão apresentados os tipos de geossintéticos mais comuns, propriedades requeridas para funcionarem eficientemente como reforço e mecanismos de reforço. Métodos de análise de estabilidade e projeto de aterros reforçados, aterros sobre estacas, aterros sobre colunas granulares encamisadas e aspectos práticos relacionados à especificação e instalação do reforço serão apresentados. A utilização de geocompostos drenantes como drenos verticais para a aceleração de recalques por adensamento também será abordada.

Fernando A.B. Danziger

Palestra: Ensaios de Campo e suas Aplicações
Terça-feira, 28 de agosto de 2018
Duração: 8 horas

Curriculum Vitae
Fernando A.B. Danziger possui graduação em Engenharia Civil, ênfase em Mecânica dos Solos, pela Escola de Engenharia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (1976), mestrado (1983) e doutorado (1990) em Engenharia Civil pela COPPE, Universidade Federal do Rio de Janeiro. Realizou Pós-Doutorado no Instituto Norueguês de Geotecnia (NGI), no período 1993-1995. Trabalhou 10 anos na iniciativa privada, nas áreas de projeto e supervisão de fundações, investigações geotécnicas, barragens e estruturas de contenção. Atualmente é Professor Titular da COPPE e Escola Politécnica da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Atua em Engenharia Civil, na Área de Geotecnia, com ênfase em Ensaios In Situ, Fundações, Instrumentação e Estruturas de Contenção. Coordenador do Laboratório de Ensaios de Campo e Instrumentação Professor Marcio Miranda Soares, um dos Laboratórios de Geotecnia Professor Jacques de Medina da COPPE/UFRJ. Recebeu o Prêmio Terzaghi da Associação Brasileira de Mecânica dos Solos em 2002. É Cientista do Nosso Estado pela FAPERJ a partir de 2016.
Resumo do Curso
Este curso abordará a utilização de geossintéticos como elementos de reforço em aterros sobre solos moles. Serão apresentados os tipos de geossintéticos mais comuns, propriedades requeridas para funcionarem eficientemente como reforço e mecanismos de reforço. Métodos de análise de estabilidade e projeto de aterros reforçados, aterros sobre estacas, aterros sobre colunas granulares encamisadas e aspectos práticos relacionados à especificação e instalação do reforço serão apresentados. A utilização de geocompostos drenantes como drenos verticais para a aceleração de recalques por adensamento também será abordada.

Francisco Chagas da Silva Filho

Palestra: Mecânica dos Solos Não Saturados: Aplicação a Problemas de Engenharia Geotécnica
Terça-feira, 28 de agosto de 2018
Duração: 8 horas

Curriculum Vitae
Francisco Chagas da Silva Filho é Engenheiro Civil pela Universidade de Fortaleza, com Mestrado em Geotecnia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1991), Doutorado em Geotecnia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1998), Pós-Doutorado em Geotecnia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2002). Atualmente é professor associado da Universidade Federal do Ceará (UFC), orientador de mestrado e de doutorado, professor de graduação em Engenharia Civil e de Mestrado em Geotecnia. Tem experiência na área de Engenharia Civil, com ênfase em Mecânica dos Solos, atuando, principalmente, nos seguintes temas: barragens, solos não saturados, modelagem constitutiva do comportamento mecânico de solos e resíduos e instrumentação de obras geotécnicas. Foi presidente da Comissão Técnica de Solos Não Saturados da Associação Brasileira de Mecânica dos Solos – ABMS (2011 – 2015).
Resumo do Curso
A Mecânica dos Solos apresentou os primeiros conceitos considerando o solo apenas na condição saturada, quando a água preenche todos os vazios do solo e se encontra sob compressão ou quando o solo estava completamente seco. No entanto, existem várias partes do mundo em que essa condição nunca é atingida ou quando ocorrem variações significativas de umidade tornando o solo não saturado, com a água coexistindo com o ar e que na maioria dos casos se encontra sob tração. Esse minicurso apresenta a solução de diversos problemas considerando a condição não saturada. Problemas de fundações (capacidade de carga e recalques) em perfis de solos não saturados, estabilidade de taludes não saturados com a estabilidade garantida pela sucção. Problemas de empuxo de terras, onde a distribuição das tensões é fortemente influenciada pela sucção, sendo que o dimensionamento mais realista das estruturas de contenção precisam considerar essa condição não saturada. Por fim, os problemas em solos especiais colapsíveis e expansivos. Serão utilizados softwares e planilhas eletrônicas para a solução desses problemas. O minicurso tem por objetivo ser aplicado a problemas de Engenharia Geotécnica e por essa razão os conceitos básicos de solos não saturados não serão abordados.

Realização

Apoio

Patrocinadores Ouro

Patrocinadores Prata

Patrocinadores Bronze

Patrocinadores Estanho

Secretaria Executiva e Agência
de Turismo Oficial

Translate »